Comida mineira: o ponto forte de Minas Gerais

Minas Gerais é conhecido por suas belezas históricas e costumes. Muitos pontos turísticos compõem a cultura do estado, bem como o jeito mineirinho de ser. Mas o que chama mais atenção é a típica comida mineira. A gastronomia é, sem dúvidas, um forte do estado e uma de  nossas paixões também.

 Ao longo dos anos, muitos pratos passaram pelo nosso cardápio. Mas, quanto mais nós conhecemos o nosso público, mais sentimos a necessidade de criar novas delícias. Nossa ambição era incorporar os temperos e ingredientes tipicamente mineiros a receitas completamente novas e cheias de personalidade!

Cardápio do Procopão: conheça os pratos premiados

Comida mineira : Conheça os principais pratos.

 A culinária mineira é riquíssima e ajuda a recontar a história do nosso estado. Reunimos nesta lista alguns dos pratos tradicionais e as versões criadas aqui no Procopão. É um pequeno guia para quem quer ser apresentado a esta parte da nossa cultura.

  • O primeiro e o mais conhecido é o pão de queijo. Ele é muito querido pelos mineiros e por quem visita o estado. É encontrado em padarias, restaurantes e mercados. Existem, ainda, os pãezinhos de queijo com recheios como goiabada, catupiry e doce de leite..

 

  • Se você ainda não experimentou torresmo, você deve a si mesmo uma visita ao Procopão. Essa delícia é feita de pele de porco frita até ficar bem crocante. Por aqui o torresmo aparece em nossos belisquetes e porções e faz o maior sucesso. Nossas recomendações são:

Trio Uai (torresmo, linguiça e mandioca);

Fondue de Torresminho (polenta cremosa e torresmo);

Jabá de Jagunço ( lombo, costelinha de porco, linguiças finas e bacon ao molho, repousadas sobre camadas de polenta cremosa, intercaladas por queijos derretidos e ervas finas, coberto com torresmos);

Atoladinho mineiro (carne seca, ou maçã de peito de boi ou filé mignon com polenta cremosa com queijos derretidos recoberto com torresmos e ervas finas);

5º pecado: A Gula (panceta suína à pururuca, embriagada no vinho com ervas finas, encurralado com batatas noisettes à dorê, cobertas com catupiry, iscas de bacon e azeitonas chilenas. Acompanha molho agridoce.

 

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Procopão (@pro_copao) a


Aproveite a visita para harmonizar um de nossos pratos com a Mineirinha. A nossa cerveja Pilsen criada em homenagem ao nosso aniversário de 90 anos. O leve amargor da cerveja ajuda a limpar a boca do sal e da gordura. Você pode trazer uma experiência um pouco diferente se mudar a cerveja para um estilo próximo, mas que vai alterar, um pouco, a percepção na boca.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Procopão (@pro_copao) a

  • Outro clássico mineiro é o frango com quiabo. Para quem não conhece, é um ensopado de frango caipira com o quiabo. Apesar de não agradar a todo paladar, vale experimentar.

 

  • O tutu é um feijão mais pastoso. O feijão é cozido, temperado, batido e misturado com farinha de milho ou de mandioca. Combina com torresmo, ovos cozidos fatiados e bacon. No Procopão você pode saborear essa iguaria como um dos acompanhamentos de nossos pratos, ou pode beliscar o nosso Caldinho de Feijão.
  • Outro prato famoso com a leguminosa é o feijão tropeiro. Nele, contém farinha, carne e ovos, além de outros ingredientes que deixam o prato muito saboroso. O prato é tão tradicional que está presente no Mineirão, estádio de futebol de Belo Horizonte.

 

  • É impossível falar da culinária mineira sem falar de um dos nossos queijos. Seja em nossa polenta ou em nossos molhos, esse ingrediente mineiríssimo dá um toque especial ao Tesouro do Imperador. Um delicioso prato composto por rolês de filé recheado aos três queijos e ervas, ouriçado no parmesão, guarnecido com batatas noisetes em um saboroso arroz garimpeiro com rubis.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Procopão (@pro_copao) a

  • O frango ao molho pardo é outro prato que não agrada a gregos e troianos, mas, assim como o frango com quiabo, vale experimentar. Ele é feito com galinha em pedaços cozida no próprio sangue. Parece estranho, mas é gostoso.

 

  • O angu, é uma iguaria super versátil. E no Procopão ele aparece na forma de pastéis fritinhos e secos que podem ser recheados de carne, carne seca,napolitano ou de jiló com linguiça.

 

  • Outro prato típico, principalmente nas estações mais frias, é a vaca atolada. Ele pode ser feito de carnes bovinas, como costela, e é cozida com mandioca. Por cima, coloque salsinha e cebolinha para realçar o sabor.

No Procopão, você também poderá saborear o Atoladinho Mineiro que têm como opções de recheio carne seca, maçã de peito ou filé mignon. Essas carnes vem atoladas em uma irresistível polenta cremosa com queijos derretidos recobertos por torresmos fresquinhos e crocantes e ervas finas.

 

  • As nossas dicas não param nos pratos principais e petiscos, não! Na nossa carta de sobremesas nós temos um lugar reservado para a goiabada cascão. Esse doce foi reinventado e aqui é servido grelhado com catupiry, sorvete de creme, chantilly, castanha de caju e cereja granadina.

 Agora que você conhece os principais pratos da culinária mineira, já sabe por qual vai começar? 

Quem leu este artigo, também se interessou por:

Procopão : um mergulho na nossa história

Procopão: as pessoas que fazem parte da história

Cervejas do Procopão: rótulos comemorativos para os 90 anos